Espaço de notícias da região centro

sábado, 30 de janeiro de 2016

CARNAVAL EM PASSOS DE SILGUEIROS

Está  aí mais uma edição do Carnaval de Passos de Silgueiros, que irá percorrer as principais ruas da aldeia.
Vão ser 3 dias de animação ao que as pessoas estão convidadas a aparecer e a participar


sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Aulas da Atividade Sénior em Viseu arrancam 
segunda-feira com número recorde de participantes


As aulas da Atividade Sénior de 2016, promovida pelo Município de Viseu, arrancam esta segunda-feira, 1 de Fevereiro.

À semelhança do ano passado, o número de participantes alcançará um registo recorde.

O Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, acompanha o arranque da atividade em vários locais do concelho, começando pela visita ao Pavilhão Cidade de Viseu, pelas 15 horas.

Pela primeira vez os grupos dos participantes serão organizados por níveis de atividade e aptidão física: os seniores “muito ativos”, “ativos” e “frágeis ou muito frágeis”.

Brevemente, será também lançado, pela primeira vez, um programa de aulas para diabéticos.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Câmara de Viseu aprova incentivo a investimento 
da Casa de Saúde de São Mateus

Empresa investe 12 milhões de euros e estima criar pelo menos 20 postos de trabalho

A Câmara Municipal de Viseu aprovou hoje, quinta-feira, a candidatura da Casa de Saúde de São Mateus SA ao regime de incentivos VISEU INVESTE, por um período de 3 anos.

A empresa beneficiará de um incentivo equivalente a 61% das taxas e impostos municipais que venham a ser pagos nesse período.

O investimento, num montante superior a 12 milhões de euros, visa a ampliação e a requalificação da Casa de Saúde de São Mateus, e estima criar pelo menos 20 postos de trabalho no concelho.

O VISEU INVESTE é a política municipal para a promoção e atração de investimentos empresariais e criação de emprego local. No seu âmbito está em vigor, desde 2014, um regime de incentivos financeiros diretos, equivalentes a impostos municipais pagos, em proporção do volume de investimento e número de postos de trabalho criados.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Município de Viseu vai atribuir
 bolsas de estudo 
em Engenharia Civil


A Câmara Municipal de Viseu celebra, esta quarta-feira, 27 de janeiro, pelas 16 horas, um protocolo de colaboração com a Associação para o Desenvolvimento e Investigação de Viseu (ADIV) e o Instituto Politécnico de Viseu (IPV), tendo em vista estimular e valorizar o acesso de estudantes ao curso de licenciatura de Engenharia Civil, em Viseu.

Através desta colaboração, o Município de Viseu compromete-se a financiar duas bolsas de estudo anuais, no valor de 1800 euros, aos melhores candidatos que ingressem no curso de licenciatura de Engenharia Civil do IPV.

A iniciativa visa, segundo o Presidente da Câmara Municipal, Almeida Henriques, “valoriza as competências formativas e técnicas de Viseu numa área estratégica do nosso desenvolvimento local – a reabilitação urbana – e é simultaneamente um estímulo social suplementar para famílias com filhos a estudar em Viseu”.

Com este protocolo, o Município integra a constituição de um fundo de incentivo previsto no “Programa de Incentivos à Formação em Engenharia Civil” instituído pela ADIV.

Reunião de Câmara Municipal de Viseu

A Câmara Municipal de Viseu reúne amanhã, quinta-feira, 28 de Janeiro, pelas 9H30, em sessão pública, na Junta de Freguesia dos Coutos de Viseu.

Entre outros assuntos, da ordem de trabalhos constará a aprovação do maior pacote de investimentos descentralizados do Município de Viseu, com fundos próprios, nas Freguesias do concelho, através de contratos-programa para execução de obras e de delegação de competências locais.

A Câmara Municipal deliberará também sobre a aprovação de incentivos municipais ao investimento empresarial da Casa de Saúde de São Mateus.

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Nova edição da Atividade Sénior em Viseu 

Impactos da atividade física na saúde e bem-estar dos seniores serão também divulgados

Tem lugar no dia 27 de janeiro, pelas 15 horas, na Aula Magna do Instituto Politécnico de Viseu, a apresentação pública da edição 2016 da “Atividade Sénior”, promovida pelo Município de Viseu.
Em 2015, a iniciativa registou 2102 participantes ao longo do ano (entre Fevereiro e Novembro), distribuídos por 97 grupos de atividade, nas 25 freguesias do concelho de Viseu. 1600 destes participantes foram objeto de avaliação dos impactos na sua saúde e bem-estar do exercício físico regular e acompanhado.
Na sessão serão apresentadas as conclusões desse estudo de avaliação dos impactos nos participantes da edição anterior, coordenado pelo Instituto Politécnico de Viseu. Esta avaliação permite não só conhecer os impactos da atividade física na saúde, bem-estar e condição física dos participantes, bem como a sua relação com a diminuição do consumo de fármacos.
Complementarmente, o estudo permitirá ainda compreender as necessidades dos seniores na oferta e acompanhamento do exercício físico e desportivo.
A iniciativa contará com a participação do Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, de largas centenas de seniores e dos responsáveis das várias entidades parceiras.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

SÃO PEDRO DO SUL 

ADERIU À “ROTA DOS 20”


No dia 20 de janeiro, a Vereadora da Educação, Teresa Sobrinho, marcou presença na Escola de Hotelaria e Turismo do Douro, em Lamego, no âmbito do programa Eco-Escolas.



O Município, que sempre se assumiu como parceiro da Associação Bandeira Azul da Europa e dos Agrupamentos das Escolas do Concelho, associou-se a esta iniciativa, que celebra 20 anos de existência, participando na atividade “Rota dos 20”, que envolve vinte regiões do país.

Este projeto visa alertar a comunidade escolar para a importância de uma mobilidade mais segura, eficiente e inclusiva, através do envolvimento das crianças e jovens, professores, assistentes e auxiliares, encarregados de educação e município.


A bandeira da Rota, os testemunhos das escolas e o livro dos municípios passaram de Vouzela para os Agrupamentos de Escolas de S. Pedro do Sul, tendo sido entregues, no passado dia 20 de janeiro, à Eco-Escola do concelho de Lamego.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Percurso Pedestre PRM2 “Rota do Gaia” -
temporariamente intransitável 


Na sequência das condições meteorológicas adversas sentidas nas últimas semanas no nosso concelho, o Município informa que o Percurso Pedestre, PRM2 “Rota do Gaia”, em Arcozelo das Maias, se encontra, neste momento, intransitável.

Mais se informa que o Município está a envidar todos os esforços para que o referido percurso reúna as condições necessárias para a sua utilização. 

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

1ª rede urbana de ciclovias de Viseu em consulta pública 
até 29 de fevereiro



O projeto da 1ª rede urbana de ciclovias de Viseu, batizado de “MUV BIKE”, está em consulta pública até ao dia 29 de fevereiro.
A iniciativa visa informar a população sobre os objetivos da “mobilidade suave”, o circuito da rede ciclável que será criado na cidade e as diferentes tipologias de vias, assim como esclarecer acerca das alterações práticas que se esperam no quotidiano da mobilidade urbana.
A primeira sessão realiza-se já na próxima segunda-feira, 25 de janeiro, pelas 17 horas, na Escola Superior de Educação de Viseu. Sendo aberta a toda a comunidade, a sessão dirige-se especialmente aos estudantes, considerados como os utentes pioneiros da futura rede de ciclovias urbanas.
A consulta pública decorre também online, através de informação e formulário de participação disponíveis na página web do Município de Viseu. Uma segunda sessão presencial está agendada para 3 de fevereiro, pelas 18 horas, na Associação Comercial do Distrito de Viseu.
O MUV BIKE é uma das componentes do novo sistema de mobilidade do concelho, o MUV (Mobilidade Urbana de Viseu). Na sua primeira fase, visa implementar seis quilómetros de ciclovias urbanas até 2018, abrangendo mais de 20 artérias da cidade, para uma circulação em bicicleta segura e cómoda.
A primeira fase da rede ligará o Centro Histórico e o núcleo urbano de Viseu a pontos de utilização intensa e frequente, como o Hospital de Viseu, a Central de Transportes, Estabelecimentos de Ensino Secundário e do Ensino Superior, Biblioteca Municipal e o Parque Urbano, entre outros.
Para o Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, “com esta aposta, a bicicleta em Viseu sai do condomínio da prática desportiva e passa a jogar no campeonato da mobilidade de todos os dias. Queremos tornar a cidade amiga da bicicleta, amiga de modos de transporte suave, a pensar em todos: residentes, estudantes e turistas. Os jovens serão a mola da realização deste ideal.”
Toda a informação disponível em www.cm-viseu.pt e www.facebook.com/municipioviseu
Município promoveu Encontro “Cantar as Janeiras” 
no Cineteatro Dr. Morgado




 O Município promoveu, no passado dia 16 de janeiro, o Encontro “Cantar as Janeiras” onde participaram diversos Grupos da região: Cantares, Cavaquinhos & Violas de Pinheiro de Lafões; Cantares da Associação Cultural, Recreativa e Social de Paredes Velhas; Janeiras da Associação Cultural e Recreativa dos Jovens de Vilarinho; Cantares Populares de Campia; Vozes D´aldeia da Associação Académica de Santa Cruz; Cavaquinhos da Casa do Povo de Alcofra; Coral da Paróquia de Alcofra e Cantares da Misericórdia de Oliveira de Frades.
Desta forma, manteve-se, assim, viva a tradição de longa data que permitiu recordar os mais velhos e ensinar os mais novos, desejando um Feliz Ano Novo.

O Município congratula-se com esta iniciativa e agradece a colaboração de todos os Grupos participantes que demonstraram a sua criatividade, vivacidade e alegria em palco e ao público presente que viveu, entusiasticamente, este evento.
Trigémeos dão a cara por água de confiança em Viseu e preços sociais para famílias numerosas

Presidente da Câmara apresentou resultados de “sustentabilidade”. 
Novo site da Águas de Viseu está “no ar”

Quatro “trios” de trigémeos de Viseu (de 5, 9, 12 e 18 anos) dão, a partir de hoje, a cara pela sensibilização local para a qualidade da água pública e o acesso de famílias numerosas a preços sociais.
A campanha, intitulada “Não há duas sem três”, assinala o reconhecimento da Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos (ERSAR), pelo terceiro ano consecutivo, à “água segura” da Águas de Viseu – Serviços Municipalizados.
Face à avaliação transata, a ERSAR melhorou o indicador de qualidade da água pública de Viseu para um índice de 99,03 por cento. “Um indicador recorde e que reforça a confiança no seu consumo”, sublinhou o Presidente da Câmara Municipal, Almeida Henriques.
Para o autarca, “ter água pública segura e a baixo preço é um fator de qualidade de vida. Esta conquista é coletiva e precisa de ser conhecida”.
Sobre a campanha, Almeida Henriques explicou que “a participação de gémeos [em 2015] e de trigémeos de Viseu nesta sensibilização é um ato criativo e, sobretudo, uma medida de pedagogia comunitária”, explicou Almeida Henriques.
***
A campanha serve ainda de mote à promoção do acesso de famílias com 5 ou mais pessoas no agregado (ou monoparentais com 3 filhos) ao tarifário especial para famílias numerosas, adotado em Junho de 2015.
Hoje, são já 100 as famílias numerosas de Viseu beneficiárias de um tarifário social que isenta taxas, pratica o preço da água ao escalão mais baixo até 25 metros cúbicos e incrementa 3 metros cúbicos em cada escalão, a partir do 5º elemento ou do 3º filho.
Somando as famílias carenciadas com acesso ao tarifário social da Águas de Viseu, são já 150 os agregados beneficiários. Considerando ainda a redução dos preços nas ligações à rede (ramais), esse número sobe para 440.
“Estamos a introduzir justiça social na política local de água, promovendo a inclusão de quem mais precisa e favorecendo a natalidade no concelho”, afirma Almeida Henriques. “O estímulo da natalidade e o apoio às famílias fazem-se em muitos pequenos gestos diários”.
Município e Águas de Viseu continuam empenhados em aumentar o acesso ao tarifário social.
***
A Águas de Viseu realizou ainda um balanço sobre os resultados da campanha de regularização e “combate” às ligações ilegais ou clandestinas, iniciada em 2014.
Entre 2014 e 2015, foram realizados e pagos 6533 pedidos de ligação às redes públicas de água e saneamento.
Ao todo, estas ligações representam um aumento superior a 3000 “clientes” na Águas de Viseu, ou seja, de 6,5%, totalizando agora 44.500 utentes.
O Presidente da Câmara destacou “o sucesso desta iniciativa, que contribui duplamente para a sustentabilidade do concelho. Protegemos a saúde pública e o meio-ambiente e garantimos a viabilidade a baixo preço da Águas de Viseu”“A equidade e a boa gestão andam de braço dado com política social”, defendeu.
“Somos a segunda capital de distrito do país com a água mais barata, temos preços reduzidos para quem precisa e fizemos em 2015 o maior investimento em ambiente da história da região, sem dívidas e sem mais impostos”, explicou.
O encaixe financeiro garantido pelo aumento de clientes sustenta hoje o custo dos apoios sociais concedidos e, em parte relevante, o financiamento da construção da ETAR VISEU SUL não suportada por fundos comunitários.
Por esses motivos, Município e Águas de Viseu prosseguem a campanha de regularização de ligações às redes públicas de água e saneamento, através de ações de fiscalização. Estimam-se hoje 3000 ligações por realizar. Várias centenas de proprietários foram já contactados.
***
A Águas de Viseu apresentou ainda o seu novo website, disponível desde hoje em www.aguasdeviseu.pt
Novas funcionalidades para interação com a Águas de Viseu (como as leituras de consumo online), um interface mais simples, intuitivo e otimizado para “mobile”, uma estrutura mais informativa e com dicas de poupança são as propostas do novo rosto da Águas de Viseu na Internet.
“Este é mais um passo, ao lado dos que já foram dados, na modernização dos serviços da Águas de Viseu”, garantiu o Presidente da Câmara, que avançou ainda “a criação futura de uma área de cliente integrada”.
“A Águas de Viseu assume um compromisso de melhorar a satisfação do munícipe, segundo princípios de proximidade, eficiência e sustentabilidade”, explicou.
O número de munícipes e clientes com pagamento por débito direto é hoje de quase 70% e os aderentes à fatura eletrónica continuam a crescer, representando quase 15% do total.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Águas de Viseu apresenta amanhã resultados
 e campanha com trigémeos

Novas informações serão divulgadas sobre qualidade da água, combate às ligações ilegais, acesso a tarifários sociais de famílias numerosas e carenciadas, adesão à fatura eletrónica e débito direto, e novo site

A Águas de Viseu apresenta amanhã, terça-feira, 19 de janeiro, pelas 11H30, na ETAR VISEU SUL, novos resultados operacionais, a campanha com trigémeos “Não há duas sem três!” e o seu novo website.

A apresentação terá lugar na ETAR VISEU SUL, em Faíl.

Entre os novos indicadores que serão divulgados estão as informações da última avaliação à qualidade da água para consumo por parte da Entidade Reguladora, os resultados da campanha de regularização e combate a ligações ilegais e clandestinas, o acesso de famílias numerosas e carenciadas aos tarifários sociais, os números de adesão à fatura eletrónica e ao débito direto.

Na conferência de imprensa, será também apresentado o novo site da Águas de Viseu, que disponibilizará um conjunto de novas funcionalidades aos munícipes e clientes.

A apresentação contará com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, e com alguns dos “trios” de trigémeos que dão o rosto pela nova campanha de sensibilização para a qualidade da água de Viseu.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Incentivos à reabilitação de edifícios 
no Centro Histórico são renovados em 2016

Parque Urbano de Santiago recebe investimento privado 
para um restaurante-bar com esplanada

A Câmara Municipal de Viseu aprovou hoje, quinta-feira, 14 de janeiro, a renovação do programa para a regeneração de edifícios na Área de Reabilitação Urbana de Viseu, que inclui o Centro Histórico, a Cava de Viriato e a zona da Ribeira.
“Atendendo à elevada adesão de moradores e investidores a este programa e aos seus impactos muito positivos na revitalização do Centro Histórico, a Câmara Municipal dá continuidade a um regime de incentivos que, só em 2015, beneficiou 36 operações de reabilitação”, justifica o Presidente da Câmara, Almeida Henriques.
“O Município não se substitui a proprietários e a investidores, mas facilita a iniciativa e o investimento. A cidade ganha e muito com a reabilitação do edificado privado. É a atratividade e a imagem, o ambiente e a qualidade de vida que saem reforçadas”, sublinha o autarca.
Neste programa, incluem-se apoios à recuperação de fachadas, com um incentivo de seis euros por metro quadrado, e a isenção de taxas, de licenças e quaisquer formalidades administrativas para obras de reparação e pintura de fachadas, portas e janelas, que não impliquem a alteração da traça do edifício.
Na reunião de hoje, a Câmara Municipal aprovou a atribuição de mais 15 mil euros à reabilitação de quatro imóveis no Centro Histórico, assim como o desenvolvimento de um projeto paisagístico e de arranjos exteriores, tendo nomeadamente em vista melhorar o ambiente urbano e potenciar a marca da “Cidade-Jardim”.
Nesta reunião, a Câmara Municipal aprovou a construção e exploração de um restaurante-bar com esplanada para o Parque Urbano de Santiago, pelo período de 15 anos. A estrutura é pré-fabricada e não definitiva.
Para o Presidente da Câmara, “esta é uma âncora muito qualificada que vamos fixar num parque que carece de atratividade ao longo do ano e de um serviço de bar e restauração de qualidade”. O Município terá ainda um encaixe financeiro anual de 5400 euros.
Na reunião, foram também aprovados 11 mil euros de apoios sociais a famílias carenciadas do concelho, para habitação e despesas de saúde urgentes. “A solidariedade deve ser um exercício regular e urgente. A Câmara continuará empenhada em socorrer famílias carenciadas em situação de emergência”, justificou Almeida Henriques.
A Câmara Municipal de Viseu aprovou ainda, na sessão, a criação de um pacote de 225 mil euros de apoio à dinamização de atividades socioculturais nas Freguesias, no contexto da aposta na coesão territorial do concelho e da promoção das identidades culturais locais.
As deliberações do Executivo Municipal passaram ainda pela aprovação de um contrato de doação ao Município de Viseu do espólio documental privado que constitui a biblioteca de Gilberto Carvalho, ilustre jornalista viseense da primeira metade do século XX.
“O Município fica mais rico e garante a proteção, preservação e o acesso a este património, que inclui um vasto número de exemplares de edições históricas e primeiras edições de literatura”, destacou o Presidente da Câmara.
Primeiras edições autografadas de Aquilino Ribeiro e Camilo Castelo Branco são particularmente relevantes neste espólio.
Projeto “FicActivo” promoveu Baile de Reis 

                             À semelhança dos anos anteriores, o Projeto “FicActivo” promoveu, no passado dia 10 de janeiro, o tradicional Baile de Reis que juntou os elementos do grupo, seus familiares e amigos num agradável e salutar convívio. 
               Esta iniciativa, que decorreu no Cineteatro Dr. Morgado, em Oliveira de Frades, teve como objetivo promover o bem-estar e o entretenimento a esta faixa etária, que muitas vezes vive isolada, onde a alegria e a boa disposição imperaram. 

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Programa do Cinclus – VI Festival de Imagem de Natureza de Vouzela já disponível

Já está acessível na página oficial do evento o programa do Cinclus Fest – VI Encontro de Imagem de Natureza de Vouzela, que vai decorrer nos próximos dias 29, 30 e 31 de janeiro. A informação pode ser consultada em cinclusvouzela.com/programa.

O Cinclus Fest é o maior evento dedicado à fotografia de natureza em Portugal, reunindo anualmente os maiores nomes nacionais da área em Vouzela, para partilharem o seu trabalho através de palestras, workshops e exposições.

A edição de 2016 começa na sexta-feira à noite, 29, com a entrega dos prémios "GENERG – Fotógrafo de Natureza do Ano. Trata-se de um prémio inovador, que distingue pela primeira vez em Portugal o melhor fotógrafo de natureza. A cerimónia realiza-se a partir das 21h30, no Cineteatro João Ribeiro.

No sábado, 30, as atividades começam pelas 10h30, com a inauguração das exposições "Natureza Portuguesa", de Luís Quinta e "Parque Natural Vouga-Caramulo", de João Cosme.

Ainda durante a manhã, destaque para o workshop do fotógrafo italiano Bruno D'Amicis, "Falar sobre conservação, o poder de contar histórias na fotografia de natureza", que vai decorrer no Auditório Municipal a partir das 11h30.

Para as 15h15 está marcada a sessão de abertura dos trabalhos no Cineteatro João Ribeiro, com a participação do Presidente da Câmara Municipal de Vouzela, Rui Ladeira. Ao longo da tarde, a sala de espetáculos vai ser palco de seis apresentações por outros tantos oradores.

No domingo o programa decorre integralmente no Cineteatro, com a participação de dez oradores. Um dos momentos mais aguardados do dia será a participação do realizador e operador de câmara espanhol Joaquín Gutiérrez Acha, que inclui a projeção do filme "Guadalquivir", a partir das 11h15.

O Cinclus Fest é uma organização do Município de Vouzela e conta este ano novamente com o apoio do grupo GENERG. Da comissão organizadora fazem parte os reconhecidíssimos fotógrafos de natureza João Cosme, vouzelense, Luís Quinta e Ricardo Guerreiro.


CINCLUS – FESTIVAL DE IMAGEM DE NATUREZA DE VOUZELA
PROGRAMA

SEXTA 29 JANEIRO 2016


21h30 Entrega dos prémios Generg-Fotógrafo de Natureza do Ano
Cineteatro João Ribeiro

 


SÁBADO 30 JANEIRO 2016


10h30 Inauguração das exposições:
"Natureza Portuguesa" por Luís Quinta, Museu Municipal de Vouzela
"Parque Natural local Vouga Caramulo", exposição exterior por João Cosme, Praça Morais Carvalho

11h00 Degustação cogumelos,
Mercado Municipal

11h30 Workshop com Bruno D'Amicis: "Falar sobre conservação, o poder de contar histórias na fotografia de natureza",
Auditório Municipal

13h00 Pausa para almoço

15h15 Abertura do VI Cinclus Festival de Imagem de Natureza de Vouzela pelo Presidente da Câmara Municipal de Vouzela, Eng.º Rui Ladeira,
Cineteatro João Ribeiro

15h30 "Risco, Criatividade e Narrativa", por Joel Santos,
Cineteatro João Ribeiro

16h00 "O mar em UHD", por Nuno Sá,
Cineteatro João Ribeiro

16h20 "Fotografar sem ver", por Gonçalo Rosa,
Cineteatro João Ribeiro

16h40 Intervalo

17h10 "72º Vila Real", por Alexandre Vaz,
Cineteatro João Ribeiro

17h30 "O Sítio dos Falcões Histórias de Sobrevivência", por Eduardo Barrento,
Cineteatro João Ribeiro

17h50 "Raposa do Deserto", por Bruno D'Amicis,
Cineteatro João Ribeiro

18h30 Convívio e prova de produtos regionais,
Mercado Municipal


DOMINGO 30 JANEIRO 2016


09h45 Painel "Histórias por detrás da imagem"
"Uma história com imagens: a Gineta", por Gonçalo Rosa,
Cineteatro João Ribeiro

10h10 "Estado Selvagem – O Trás os Montes Selvagem", por Gonçalo Rosa,
Cineteatro João Ribeiro

10h30 "À descoberta do lado selvagem da Serra da Estrela", por Tânia Araújo,
Cineteatro João Ribeiro

10h50 Intervalo

11h15 Projecção do filme "Guadalquivir" de Joaquín Gutiérrez Acha
Bastidores da produção do documentário, com Joaquín Gutiérrez Acha
Cineteatro João Ribeiro

12h45 Pausa para almoço

14h15 "Perdido no Hindustão", por Luís Ferreira
Cineteatro João Ribeiro

14h35 "Serpentes", por Vasco Flores
Cineteatro João Ribeiro

14h55 Intervalo

15h25 "Painel Viagens"
"Fotografia de Viagem", por Joel Santos
"Expedições Oceânicas", por Nuno Sá
"Turismo, viagens e Expedições", por Alexandre Vaz
Cineteatro João Ribeiro

16h40 "Tempo de Lobos", por Bruno D'Amicis
Cineteatro João Ribeiro


Maria da Nazaré de Matos 
é a vencedora do 1º Prémio Aquilino Ribeiro

Sete obras foram a concurso e ensaio sobre o universo aquiliano foi distinguido com um prémio de 10 mil euros.

Maria da Nazaré Rodrigues Peixinho de Matos, investigadora e professora do Ensino Secundário, é a autora vencedora do 1º prémio Aquilino Ribeiro, com a apresentação de um ensaio inédito (não publicado) sobre o mestre das “Terras do Demo”.

A revelação foi realizada esta quarta-feira, em Viseu, na sessão de anúncio e entrega do prémio, promovido pelo Centro de Estudos Aquilino Ribeiro (CEAR), com o Alto-Patrocínio do Município de Viseu. A concurso estiveram sete obras.

O prémio literário, de âmbito nacional, resulta de um concurso realizado em 2015 sobre obras inéditas de ensaio em torno do universo de Aquilino Ribeiro, e é uma aspiração antiga do CEAR, tendo sido instituído em 2000, mas só agora organizado através de financiamento municipal.

Na cerimónia, a vencedora realçou “ser uma grande honra ficar ligada ao nome deste notável homem de letras”. Maria Nazaré de Matos considerou que “o valor educativo, a celebração de uma consciência cívica e ambiental, bem como a dimensão transgressora da obra aquiliniana são desafios estimulantes”. A autora disse ainda entender ser “urgente resgatar a obra de algumas críticas que a menospreza e que considera Aquilino um escritor quase ilegível.”

Na entrega do prémio, o Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, reafirmou a disponibilidade do Município em renovar futuramente o apoio à reedição do Prémio, nomeadamente com vista a “promover a criação literária ficcional em torno do universo e das paisagens de Aquilino e da cidade-região de Viseu”.

Almeida Henriques vê na organização deste prémio literário “mais um passo no desígnio de desengavetar a obra de Aquilino Ribeiro, trazendo-a à luz do dia e para junto das pessoas”. “As obras de Aquilino são um património universal de forte inspiração regional e Viseu assume a responsabilidade de ser a cidade-região que acolhe a memória de Aquilino Ribeiro”, afirmou.

“Também por isso organizámos o Festival Literário de Viseu ‘Tinto no Branco’, tendo por referência Aquilino Ribeiro, e tomámos a opção de batizar a nova Escola Básica com o nome do autor das ‘Terras do Demo’ e em marcá-la com os personagens inspirados do ‘Romance da Raposa’”, explicou Almeida Henriques.

“O Festival Literário regressará em 2016”, adiantou. “Sentimos que a obra e o nome estão a voltar à vida e ao estatuto cultural que lhe são devidos”.

Ainda em 2016 o Teatro Viriato acolhe e produz a criação “Do Demo” de Nuno Cardoso sobre “o corpo da obra de Aquilino Ribeiro”.
A Câmara Municipal de Viseu 
reúne amanhã, quinta-feira, 14 de Janeiro.

Pelas 12 horas, o Presidente da Câmara, Almeida Henriques, apresenta uma síntese informativa das principais deliberações à comunicação social.

Da ordem de trabalhos constará a aprovação de um pacote de apoios sociais a famílias carenciadas, de um conjunto de incentivos municipais às Freguesias de índole sociocultural, da concessão municipal da construção e exploração do restaurante-bar e esplanada do Parque Urbano de Santiago e de um protocolo de doação ao Município de Viseu de um relevante espólio literário.

terça-feira, 12 de janeiro de 2016


Inaugura sexta-feira a obra de requalificação dos campos de ténis 
do Fontelo


O Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, inaugura no dia 15 de janeiro, pelas 10H30, a obra de requalificação do piso dos campos de ténis do Fontelo.

Na inauguração, o Presidente deverá referir-se aos investimentos previstos em infraestruturas e na promoção da modalidade.
Município entrega troféus alusivos ao VIII Concurso de Montras de Natal 





No passado dia 6 de janeiro foram entregues os troféus de distinção aos vencedores do VIII Concurso de Montras de Natal no Salão Nobre dos Paços do Município. 


Desta forma, a Vereadora da Cultura, Elisa Ferraz de Oliveira, enalteceu a importância desta iniciativa, procedendo, posteriormente, à entrega dos troféus (1º lugar - Farmácia Pessoa, 2º lugar - Medical Optica e 3º lugar - Decorangela).

O Município felicita, mais uma vez, todos os envolvidos nesta iniciativa, desejando um excelente ano de 2016.  
1º Prémio Aquilino Ribeiro 
é entregue dia 13 em Viseu

Ato público tem lugar às 11H, com a presença do autor vencedor

O vencedor do 1º Prémio literário Aquilino Ribeiro, promovido pelo Centro de Estudos Aquilino Ribeiro com o Alto-Patrocínio do Município de Viseu, é conhecido na quarta-feira, dia 13 pelas 11H, no Museu Municipal Almeida Moreira, em Viseu.

A sessão contará com a presença do autor vencedor, do Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, e dos dirigentes do Centro de Estudos Aquilino Ribeiro.

O prémio literário, de âmbito nacional, resulta do concurso realizado em 2015 sobre obras inéditas de ensaio em torno do universo de Aquilino Ribeiro.

O valor do prémio, financiado pelo Município, através do programa “VISEU TERCEIRO”, de apoio à criação e programação cultural, é de 10 mil euros.

O “Prémio Nacional Aquilino Ribeiro” constituiu uma aspiração antiga do Centro de Estudos e da Região, tendo sido instituído em 2000, mas só agora organizado, por via de financiamento municipal.