Espaço de notícias da região centro

segunda-feira, 20 de março de 2017

Primeiros “Embaixadores de Viseu” são apresentados amanhã, na BTL


60 eventos, inovações tecnológicas “made in Viseu”, lançamento de produtos e 2300 plantas naturais marcam o ritmo da “Cidade Nacional Convidada”
 Viseu apresentou na BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa como a “1ª Cidade Nacional Convidada”. Um novo “estatuto” instituído no evento, no contexto da declaração do “Ano Oficial para Visitar Viseu”. 

                                                                                                           A cidade de Viriato, que marca presença pelo segundo ano

consecutivo na maior feira internacional de turismo do país, terá uma presença especial no Pavilhão 2 da FIL, entre apresentações, lançamentos, showcookings, experiências vínicas, passatempos, espetáculos e demonstrações. Viseu promete marcar o certame com cinco dias de programação intensa, através de mais de 60 experiências e eventos, em cerca de 45 horas de atividades e com quase 30 parceiros. 

Serão anunciados, também, os primeiros 8 “Embaixadores de Viseu”, um conjunto de personalidades viseenses e amigos de Viseu, reconhecidos em diferentes áreas profissionais, que se associam à estratégia de marketing da cidade e na promoção de Viseu enquanto destino turístico e de visita. Paulo Sousa, ex-futebolista e treinador da Fiorentina, e o músico Moullinex estão no painel destas 8 personalidades, a que se juntará um “embaixador tecnológico”.

O stand, que contará com 144 m2 de área e uma decoração de mais de 2300 plantas naturais criadas em Viseu pela CRIA VERDE, revelará surpresas e novidades relativamente ao “Ano Oficial” que já começou. 

A agenda de Viseu é marcada pela apresentação da primeira “timeline” histórica de Viseu, que revela 2500 anos de história e mitologia da cidade, pelo lançamento de novos produtos de empresas como a Chocolataria DELÍCIA e a AMOR LUSO, por revelações do cartaz do festival “Tons da Primavera” e da Feira de São Mateus ou pela pré-apresentação do projeto ARBORIS, de valorização socioeconómica e turística da cidade-jardim.

Entre as várias experiências, serão ainda apresentados cinco novos filmes do VISEU 360, uma experiência imersiva que dará a possibilidade aos visitantes de conhecer Viseu a quilómetros de distância. No stand de Viseu será ainda possível andar “V!KE” na Cidade-Jardim, na Cidade de Viriato e na Cidade Vinhateira, jogar no TOMI e aparecer na VISEU TV, a estação de televisão do stand de Viseu na BTL.

Todos os dias haverá quizzes sobre a cidade, que colocarão os conhecimentos dos visitantes à prova.

A BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa decorre de 15 a 19 de março na FIL, em Lisboa. A agenda do stand de Viseu pode ser conhecida na íntegra emwww.visitviseu.pt e o evento poderá ser acompanhado nas redes sociais do Município de Viseu, da Viseu Marca e do Visit Viseu.

Viseu vai adotar equipamentos elétricos de limpeza urbana e de jardins


Diminuição das emissões poluentes e redução da fatura energética é o objetivo

A Câmara Municipal de Viseu ratificou esta quinta-feira uma candidatura ao Fundo Ambiental que permitirá adotar equipamentos elétricos de limpeza urbana e manutenção de jardins. O investimento ascende a 400 mil euros.

Para o Presidente da Câmara, “esta modernização para tecnologias mais limpas e mais baratas é um investimento positivo e constitui um dado adquirido”. “O Município aguarda um sinal verde da candidatura, mas o investimento é para realizar”, assegurou.

No plano nacional, Viseu é a segunda cidade com maior investimento candidatado, a seguir à cidade do Porto.

Entre os equipamentos elétricos que serão adquiridos, por concurso público, estão um veículo de lavagem de alta pressão, uma máquina varredora (que terá especial incidência no centro histórico), seis aspiradores e quatro veículos de transporte de pessoas e materiais dos serviços municipais de ambiente.

“Este é um passo de modernização e racionalidade ambiental da cidade-jardim”, destaca Almeida Henriques. Em 5 anos, estima-se só nestes equipamentos uma poupança em combustível superior a 25 mil euros, mas também economias na manutenção das máquinas. 

“Num só investimento, alcançámos três objetivos: aumentamos capacidade de intervenção, diminuímos emissões poluentes e reduzimos custos operacionais”, sublinha o autarca.

Na reunião de Câmara foi ainda aprovado o primeiro pacote de contratos-programa de desenvolvimento desportivo para 2017. Ao todo tiveram já luz verde para apoio municipal 24 clubes e associações desportivas, num financiamento direto de quase 700 mil euros. Somando os apoios indiretos, em custos de manutenção, logística e taxas, as aprovações realizadas correspondem a um investimento superior a 900 mil euros.

A Câmara aprovou ainda a renovação da parceria com a associação Cantinho dos Animais Abandonados de Viseu e a sua extensão com a Clínica Veterinária da instituição. Neste contexto, o Município assumirá o apoio a infraestruturas, equipamentos e serviços de acolhimento de animais abandonados, a cuidados de veterinária e de esterilização e controlo da população, à promoção da adoção, assim como à recolha de cadáveres na via pública, num montante de 55 mil euros, a executar em 2017.

“É responsabilidade de uma sociedade civilizada cuidar dos animais, dando condições para a recolha, o cuidado e a adoção”, salientou o Presidente da Câmara. Almeida Henriques assumiu ainda o objetivo de “combater o abate de animais no concelho”.

Nesta reunião foi ainda deliberado o estabelecimento de um contrato de parceria com a Associação EUROPEADE, tendo em vista a organização do Festival Internacional de Folclore em Viseu, entre 25 e 29 de Julho de 2018.

O Presidente da Câmara anunciou ainda nesta sessão a receção de um conjunto de 42 peças de doação do Mestre Teotónio Pedro de Albuquerque, no âmbito do contrato datado de 1984.

domingo, 19 de março de 2017

Município de Oliveira de Frades participa na BTL - Bolsa de Turismo de Lisboa

O Município de Oliveira de Frades, representado pelo seu Presidente, Luís Vasconcelos, participou na inauguração da BTL - Bolsa de Turismo de Lisboa, feira de extrema importância, de relevo nacional e internacional na área do turismo, que decorre de 15 a 19 de março, na FIL. 

Sendo o Turismo uma das áreas de desenvolvimento sustentável do nosso concelho, esta participação permitiu, em parceria com a Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões, dar a conhecer o Festival do Frango do Campo que se realiza no mês de julho, durante as Festas do Concelho. 

Desta forma, o Município teve, assim, a oportunidade de divulgar algumas das potencialidades do concelho. 

Município de Viseu conquista três certificados de acessibilidade


Biblioteca Municipal e Paços do Concelho sobem no nível de acessibilidade atribuído pelo Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade

O Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade atribuiu hoje três Certificados de Acessibilidade ao Município de Viseu, decorrente da avaliação realizada no início deste ano. 

A primeira certificação ocorreu em 2012 e foi atribuída ao edifício dos Paços do Concelho e à Biblioteca Municipal. Ambos os espaços municipais renovam agora a sua certificação e sobem do nível “Funcional” para “Amigável” e “Excelência”, respetivamente.

A Biblioteca Municipal D. Miguel da Silva conquista o Certificado de Acessibilidade “Excelente”, o melhor de três níveis de certificação. Os espaços de circulação amplos e confortáveis à circulação e o facto de todas as zonas da Biblioteca serem acessíveis a pessoas com mobilidade reduzida são alguns dos pontos que justificam a avaliação do Instituto. 

Além disso, destaca-se ainda a disponibilização de documentos e equipamentos de apoio a utilizadores invisuais e a dinamização de ações para diversas faixas etárias.

Também o edifício da Câmara Municipal de Viseu (Paços do Concelho) subiu de nível e é distinguido com o Certificado de Acessibilidade “Amigável”, nível 2, avaliação relativa aos espaços do Atendimento Único, Salão Nobre, Presidência e Vereação. Atendendo a que este é um edifício centenário, várias intervenções de adaptação têm sido levadas a cabo pelo Município de Viseu nos últimos anos. 

A avaliação salienta os acessos exteriores, atualmente servidos com pavimento tátil de orientação, e os equipamentos de acesso, nomeadamente elevadores e plataformas elevatórias, que asseguram a circulação dos cidadãos.

Para o Presidente da Câmara Municipal, Almeida Henriques, “garantir a qualidade de vida para todos, os que cá vivem e nos visitam, é um compromisso prioritário. 

O reconhecimento que hoje recebemos faz justiça ao forte empenho do Município em tornar esta uma cidade mais acessível. As intervenções do Viseu Acessível e do Viseu Seguro estão a dar bons frutos”.

O Município de Viseu recebeu ainda um terceiro certificado na área do Turismo Acessível. A equipa do ICVM avaliou a acessibilidade em diversos espaços da cidade, propondo um percurso acessível a todos os turistas com mobilidade reduzida. 

Este percurso engloba vários pontos de atração turística de Viseu e contempla ainda espaços de restauração, alojamento e entretenimento ou lazer, possibilitando uma experiência de visita diversificada, segura e confortável aos turistas. 

O pavimento podotátil, a organização do mobiliário urbano, a acessibilidade do Funicular, as entradas e equipamentos acessíveis nos principais pontos turísticos, a oferta de espaços públicos verdes e os transportes públicos adaptados são alguns dos pontos fortes destacados no relatório de avaliação.

No panorama da mobilidade urbana, Almeida Henriques destaca ainda o novo modelo de mobilidade em curso – o MUV - , que prevê a intervenção na atual Central de Transportes de Viseu, garantindo a nova infraestrutura condições de acessibilidade para cidadãos com mobilidade reduzida. “Será um passo importante e com reflexos muito positivos para todos os que elegem Viseu como cidade para estudar, viver ou visitar”, salienta. 

Antiga Estação Ferroviária de Bodiosa

Antiga Estação Ferroviária de Bodiosa foi inaugurada 
como Junta de Freguesia
Investimento ascendeu a 152 mil euros. 
Traz “nova vida a património local” e “melhores serviços à população”. 
Memória da linha do Vouga é também valorizada.

A antiga estação ferroviária de Bodiosa, em Viseu, é a partir deste domingo sede da Junta de Freguesia de Bodiosa.

A inauguração teve lugar num ato público que juntou a população e que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, e do Presidente da Junta, Rui Ferreira.

O Município de Viseu investiu 152 mil euros no projeto e nas obras de reabilitação e adaptação, que decorreram entre 2015 e 2017.

Nas palavras de Almeida Henriques “este investimento reconcilia o presente e o futuro de Bodiosa com o seu passado e a sua memória coletivas. Esta obra traz nova vida a um importante património local com a garantia de melhores serviços de proximidade à população”.

A antiga estação ferroviária estava integrada no ramal de Viseu à linha do Vouga, desativada no inicio da década de 90.

No evento, o Presidente da Câmara saudou a “persistência da população e da Freguesia nesta ambição” e prestou contas sobre o volume de investimentos em curso em Bodiosa.

“Neste ciclo autárquico, sextuplicamos o investimento através de contratos-programa com a Freguesia, num valor de 366 mil euros”. Somando todos as obras e apoios municipais desde 2014, “a Freguesia de Bodiosa registou um volume de apoios superior a 1,7 milhões de euros”, assinalou.

Outra das obras realizadas neste ciclo foi também inaugurada este domingo. Um parque infantil nasceu junto da antiga estação de caminho-de-ferro, criando um novo atrativo social de ar livre. O investimento no equipamento ascendeu a 30 mil euros.

quinta-feira, 16 de março de 2017

Município de Oliveira de Frades apresentou candidatura à Loja do Cidadão



O Município apresentou, recentemente, uma candidatura ao Programa Operacional Centro 2020 que visa a instalação da Loja do Cidadão em Oliveira de Frades. 


Essa Loja do Cidadão irá funcionar nas instalações do Edifício do Tribunal, no rés-dochão, sendo que para o efeito irá sofrer algumas obras de adaptação e reabilitação onde ficará instalado a Autoridade Tributária, o Instituto de Registos e Notariado e ainda o Espaço do Cidadão. 

Desta forma, pretende-se facilitar o acesso dos munícipes aos serviços da Administração Central. 

“Ano Oficial para Visitar Viseu”

“Ano Oficial para Visitar Viseu”
garante mais de 200 anfitriões 
em 3 semanas

Formação “1 Viseense, 1 Anfitrião” alcança meta em tempo recorde

A iniciativa de formação “1 Viseense, 1 Anfitrião”, promovida pelo Município de Viseu em parceria com a Viseu Marca, no âmbito do “Ano Oficial para Visitar Viseu”, alcançou mais de 200 participantes inscritos, três semanas antes da data da última ação.

Está assim cumprido e superado o objetivo inicialmente estipulado pela organização. À data, mais de metade dos participantes receberam a formação e o título de “Anfitrião de Viseu”. 

“O objetivo inicial foi cumprido, e em apenas 3 semanas”, afirma o Presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques. “Esta adesão entusiástica dos viseenses confirma a oportunidade da iniciativa neste ‘Ano Oficial’ e o interesse crescente dos viseenses em acolher bem os visitantes e turistas”, conclui.

A formação “1 Viseense, 1 Anfitrião” tem como principal objetivo a promoção de uma atitude coletiva de hospitalidade e qualificação do conhecimento da cidade como destino de visita. A iniciativa formou já operadores económicos dos mais diferentes setores, da hotelaria à restauração, do comércio aos museus. Constituíram também públicos relevantes da formação professores dos ensinos básico, secundário e superior.

Todas as iniciativas do “Ano Oficial para Visitar Viseu” podem ser conhecidas no site da Câmara Municipal, em www.cm-viseu.pt, e no Facebook do Município de Viseu, em www.facebook.com/municipioviseu